Fornecimento de camisas

Caros torcedores, ainda não há nenhuma posição oficial do clube quanto a mudança de fornecimento de material esportivo. Estamos analisando propostas e negociando também com nosso atual fornecedor, a Champs.

Assim que a rescisão, caso ocorra, for formalizada e um novo contrato for assinado divulgaremos as informações. Não se trata de sigilo de negócio apenas, mas um tratamento adequado à situação em que estamos envolvidos.

Anúncios

31 Comentários

  1. sou torcedor do vitoria e moro no Rio Grande do Norte, apesar de ser um estado no nordeste o vitoria nao tem muita visibilidade por aqui, mais poderiamos começar a trabalhar por isso, começando pelo patrocinador de material esportivo, o vitoria com a champs nao tinha muita opçao mais com uma grande empresa de material esportivo, mais fazendos grandes campanhas na serie A poderiamos começar a pensar em um vitoria com visiblidade nacional, gostaria de que vcs pensen nisso, ja e dificil por sermos do nordeste e nao esta sempre brigando pelo tiutulo nacional e ainda colocando patrocinadores sem expressao fica ainda mais dificil, vamos pensar muito grande por que o vitoria e grande……

  2. Eu não estou acreditando que a Champs ainda está vinculada ao Vitória, pois após a Ponte Preta, Vasco, Náutico romperem e o descontentamento geral dos torcedores e até mesmo dos vendedores das lojas ainda somos obrigados a ver “aquilo” estampando o nosso escudo. Espero que vocês trabalhem para proporcionar ao Nosso Clube e aos torcedores o melhor. Cada notícia veiculada é que o assunto será resolvido na semana que vem. Tenha paciência…….

  3. Olá Alexandre! Estamos estudando.

  4. O que ficou resolvido sobre o fornecimento?
    Vai continuar com a Champs, a definição é essa semana não é?

  5. Olá Cláudio! Não há data limite por enquanto. Iremos entrar e contato quando sua carteir estiver disponível.

  6. Boa noite,
    Gostaria de saber até quando posso trocar o meu cartão do SMV prata, antigo, pelo modelo novo?
    E até quando posso trocar a minha camisa oficial que veio em tamanho menor???
    Grato pela atenção, mas ultimamente não estou dispondo de tempo suficiente para ir ao Baradão, efetuar as trocas, gostaria de saber se tem alguma data limite para as perguntas acima.

    Obrigado,
    Cláudio Filho.

  7. Valeu Egberto!

  8. Oi Ricardo,
    Veja este texto:

    ” Não podemos aceitar que manchem nossa camisa ainda que a CBF permita tal shopping em pleno gramado. Concordo contigo quando defende que nosso clube deve permanecer como clude de associados. Podemos sonhar com os 20 mil associados e os 6 milhões em verba que eles gerariam. Creio que podemos sonhar com mais. Só não podemos continuar com o pesadelo de não termos uma camisa cuidada e respeitada. Se tivemos que pagar o preço por não aceitarmos qualquer patrocinio e em qualquer lugar que paguemos. Podemos nos espelhar em outro Leão, o Atlético de Bilbao”

    Ele foi foi retirado do comentario da Ana acerca do patrocínio master. Eu acho que nós temos condições de pensar um pouco mais alto. O Vitoria precisa acreditar no potencial de sua torcida. Mesmo que a torcida não encha o estadio, ela, na minha opinião pode colaborar associando-se ao clube e permitindo uma modernização bastante significativa. O baiano gosta de futebol ! Acrdito que ” por baixo ” devemos ter mais de 1 milhão de simpatizantes em todo o Brasil. Se o Marketing conseguir sensibilizar-los a se associar com uma contribuição mensal de R$ 10,00 poderemos ter um faturamento anual em torno de R$ 80 a 100 milhões. O nº parece fantastico, irreal, ilusório, mas não é impossivel. Conseguir chegar a um valor dessa monta exigem metas arrojadas, bem definidas, tenacidade na perseguição do objetivo. Poderemos não chegar a esse valor, mas, por certo, aumentaremos significativamente o faturamento do clube e o numero de associados. Para tanto é fundamental que os associados conheçam o projeto de crescimento do clube, a aplicação dos recursos e o cumprimento das mets. Com o apoio efetivo da torcida, poderemos dispensar os patrocinadores. O patrocidador do clebe deve ser o seu associado, a sua torcida. Somos o clube mais tradicional do futebol brasileiro, temos um nome na historia, não devemos ficar com uma cuia, mendigando apoio financeiro a “patrocinadores’, patrocinadores que bancam os clubes do Sul, com recursos 10 a 15 vezes maior do que daria a um clube do Nordeste. Precisamos com veemencia convocar a torcida a participar do crescimento do valor economico do clube. Tudo pod ser feito dentro de um cronograma de realizações. Estabeleça a fase, convoque a torcida para ajudar no cumprimento da meta, cumpra a meta, não esqueça de agradecer à participação da torcida. Se a torcida perceber que as metas estão sendo cumpridas, tenho certeza que sua participação será reforçada.

    Acredite na torcida rubronegra. Vamos colocar as cadeiras no Barradão, convoque a torcida, ela ajudará; Vamos construir um estacionamento decente, convoque a torcida, ela ajudará; vamos construir mais campos de treinamento, convoque a torcida, ela ajudará; vamos cobrir o estadio, convoque a torcida, ela ajudará; etc; e assim faremos um Vitoria forte, robusto, com um valor economico e uma projeção esportiva considerável.

    Saudações rubronegras

  9. Nosso padrão tem que ter a camisa vermelha e o short e o meião pretos.Assim teremos esse padrão que tanto desejamos,pois a camisa vermelha representará a parte de cima do nosso escudo e o calção e os meiões pretos a parte de baixo.FAVOR CONSIDERAR A IDÉIA.Obrigado

  10. Acho que o perfeito, para identificar de vez nossa marca seria um v abaixo da gola, como a do Manchester, ou o ombro de uma cor, descendo e fechando até o meio formando o “v”, só que como uma seta, sem uma cor diferente por dentro.

  11. Eu tb axo que a hora é agora.
    Vamo Leão, camisa é tradição!

  12. Na minha opinião, o Vitória precisa de um uniforme que imprima uma marca e diferencie ele dos outros rubro-negros do Brasil. Penso que deveríamos nos basear no escudo do time. Ou seja, a metade da camisa de cima seria vermelha, já a metade de baixo, o short e os meiões pretos. O escudo no centro, se encaixando justamente com a divisão das cores e somente o ECV e as bordas brancas. Este seria o primeiro uniforme e não sofreria grandes mudanças com o passar dos anos.

  13. Uma pessoa sugeriu na comunidade(do Orkut) uma enquete por parte de nós torcedores, mas um dos moderadores observou que seria melhor entrar em contato com o Ricardo, não sei se o fizeram, o intuito era realizar um concurso para uma possível nova camisa do Leão. Lá existe uma divergência entre uma camisa com litras verticais ou com horizontais, mas como já foi lembrado aqui essas litras sempre se assemelham as de algum outro clube, espero ansiosamente pela definição dessa questão de fornecimento de material, e se realmente houver a troca, uma enquete seria ótimo, melhor ainda seria um concurso, que foi o que sugeriram no Orkut, lembrando do concurso para a camisa de 110 anos.

    SRN!

  14. Caro Ricardo, ótima entrevista na Metropole. Parabéns.
    Anseio para que o “tempo certo” a que você se referiu aqui em resposta ao Leno seja em breve. Leno e todos os companheiros de torcida e camisa tenho convicção de que ainda este ano teremos um padrão. Este ano e o próximo centenário. A camisa faz a identidade de um clube. Temos desings competentes e criativos. Se tivermos o uniforme como uma de nossas prioridades (e como não ter?) chegaremos ao padrão. Continuo sugerindo vermelho para home, branco para away e preto para o 3rd. Continuo sugerindo uma consulta aos torcedores. Definido isso, é começar a trabalhar. Com atenção para os detalhes e todo o apuro possível. Uma camisa vistosa é capaz de atrair torcedores. Uma camisa vistosa que se torna padrão, difunde a marca do clube, consolidada sua identidade. Por isso me causa um enorme incômodo e mesmo tristeza quando vejo como ontem a camisa do nosso rubro-negro mais uma vez descuidada. Certamente a visibilidade do Vitória ontem foi muito maior do que o custume por conta de ter enfrentado o Flamengo. E o que os olhos sobre a tvs e sites viram? Uma camisa emendada, recoberta por retalhos. A MCS não é mais patrocinador? Bem, então se faça uma camisa sem a MCS e com o logo da IN, ainda que também seja terrível colocar a marca com mais destaque que o escudo do clube. Mas não. Pegaram a camisa disponível (já que a atual fornecedora não envia material mesmo, não é?) e colocaram um remendo com um número horroroso sobre o antigo IN e um IN maior sobre a MCS Tim. Deus, isso é coisa que se faça? Para quem não é torcedor como nós que ama e vive a história desse clube e se depara com a foto de Anderson Martins estampada em vários sites terão que imagem desse time? Alguns dirão, é só um detalhe. Detalhe?! Gol é um detalhe. Perdemos ontem por detalhe. Alguem já teve a oportunidade de ver o video da Umbro sobre o desenvolvimento do novo uniforme da Inglaterra? Há uma amostra aqui http://www.youtube.com/watch?v=QF_YiWeB8ls Eu torço pela seleção brasileira mas me deu uma vontade de comprar a camisa do English Team. Por favor, não quero fazer comparações. Não posso. É lógico que o Vitória não é a seleção inglesa, nem a champs a umbro, mas levando-se em conta todas as gringantescas proporções e desproporções, porque não há um cuidado semelhante com a nossa camisa? Essa atual disposição e proporção de patrocinadores é um desastre. Além de fornecedoras, ficaremos a mercê de patrocinador que entra ou sai? Quem vê Anderson Martins vestido com aquilo (sim, aquilo não é uma camisa) tem a idéia de um clube desleixado, descuidado com um uniforme que talvez não encontre par nem em jogos de liga de bairro. Esse não é o nosso clube. Sabemos que não, mas é a imagem que passa quando se dá a vestir aquilo. Discordo do Jorginho quando diz que o caso da meia foi um detalhe. Sinceramente, isso e a meia não dá para engolir. Ricardo, espero que agora seja o TEMPO CERTO para deixarmos fatos assim no passado. Sei que não há como manter o time sem parceiros, mas há patrocinio e patrocinios. Não podemos aceitar que manchem nossa camisa ainda que a CBF permita tal shopping em pleno gramado. Concordo contigo quando defende que nosso clube deve permanecer como clude de associados. Podemos sonhar com os 20 mil associados e os 6 milhões em verba que eles gerariam. Creio que podemos sonhar com mais. Só não podemos continuar com o pesadelo de não termos uma camisa cuidada e respeitada. Se tivemos que pagar o preço por não aceitarmos qualquer patrocinio e em qualquer lugar que paguemos. Podemos nos espelhar em outro Leão, o Atlético de Bilbao. É um case fabuloso, Ricardo. Temos muito a aprender com eles. Vamos trabalhar nossa marca como a do clube que joga atua com jogadores próprios, formados na base. Não temos os 100% de bascos do Atlético, mas qual o clube do Brasil da primeira divisão que 7 jogadores de base entre os titulares? Mantendo a qualidade do nosso trabalho esse percentual só tende a aumentar. A expresão “MENINOS DO VITÓRIA” pode ser mais do que uma expressão, mas Marca. Marca registrada mesmo. Bebeto, Dida, Dudu, Davi… A pergunta no inicio das temporadas não será “Qual a contratação” mas “Qual a revelação”? Acho que ouvi o Jorginho falando em algo assim para a próxima ano. A base ser a base. Uma equipe assim será capaz de ganhar campeonatos? Não sei. Carpegiani vem fazendo um trabalho importantissimo com esses meninos. Espero que ele possa ficar por pelo menos tres ou quatro temporadas. Acho dificil porque a cultura do torcedor é cobrar resultados e não trabalho. Nós torcedores também temos o que aprender com os torcedores de Bilbao O Atlético de Bilbao não ganha um campeonato há 25 anos, mas em todos esses anos nunca caiu para a segunda divisão, nunca perdeu a identidade nem a torcida que sempre lota os 40 mil lugares de seu estádio. Não é só de títulos que se faz um clube ainda que eles sejam importantes. Precisamos ter consciência disso. Vestir a camisa quando ganha, mas também quando perde. Vestir a camisa porque ama o clube e não classificação da tabela. Vestir a camisa, Ricardo. Torci muito pelo time ontem e vou torcer sempre, mas não vesti a CAMISA. Quando teremos uma camisa de verdade, bem cuidada e respeitada? Por que aquilo, eu não visto.
    SRN

  15. O que José Antonio falou é verdade
    algo mais limpo seria muito bom, inclusive tenho essa polo da Champs e várias pessoas acham ela linda demais, até torcedores do finado já falaram bem dessa camisa.

  16. Concordo com a Ana e demais torcedores rubro-negros baianos.
    O Vitória tem que dar uma modificada nos conceitos de padrão de futebol.
    Porque todo rubro-negro do Brasil tem que ter padrão estilo Flamengo? (listras horizontais)
    Eu já fiz sugestões diversas de um padrão com uma listra em “V” na camisa, estilo Vellez Sarsfield da Argentina, que agora até o Manchester acho de fazer e o Vila Nova de Goiás.
    Mas esse “V” na camisa teria tudo a ver com o nosso rubro-negro.
    Concordo também com uma camisa mais limpa, com maior predominância do vermelho. Fica mais interessante. É só ver a camisa polo vermelha que a própria Champs fez a pouco tempo que ficou muito boa visualmente.
    Temos que ter a nossa identidade de uniformes.
    Aquela camisa que de longe não confunda com: “Essa camisa é do Flamengo?”

  17. Olá Leno! No tempo certo iremos trazer este assunto.

  18. Desculpem queria dizer se eu e Ana estivermos errados, se acharem que é bobagem, que há mil coisas mais interressantes, se manifestem
    Mas ñ esquecem que a fornecedora já está aí. E somos nós que temos o direito e o dever de decide, pois quem vai comprar e vestir somos nós.
    Camisa é tradição!

    Enquete já

  19. Gostaria de opiniões dos meus colegas deste blog, porque se eu e ana estivermos também se manifestem, já que o marketing ainda ñ o fez, ñ podemos esquecer que está chegando uma nova foernecedora e o tempo urge.
    Precisamos ser mais conhecido.
    Que marketing melhor que esse?
    Vamos dispultar uma competição internacional esse ano e provavelmente ano que vem também.
    Enquete já
    Vamos definir nossa camisa se vai listrada hoirizontal, verticao sem listras mais precisamos definir.
    Vamo Leão!

  20. Vamos lá markentig!
    Precisamos identificar o nosso manto, vamos fazer uma enquete para definir que modelo de camisa vamos usar para padronizar o nosso clube.
    Essa enquete é de suma importancia para o leao ser ainda mais conhecido no mundo.
    Isso é tradicional.

  21. Concordo totalmente com ana, theo e rafael, precisamos de um padrão
    unico, algo que seja só nosso, por favor.

  22. Theo, Alexandre e amigos rubro-negros olhem só o que econtrei no portal da Globo http://globoesporte.globo.com/Esportes/Noticias/Futebol/ingles/0,,MUL1215357-9847,00.html Acabou de ser postado. Não é de arrepiar? É tudo que a gente quer.
    SRN

  23. Theo, Alexandre e toda graandiosa torcida rubro-negra, vamos então fazer campanha por uma nova tradição? Theo, a Adidas já foi a fornecedora de camisas para o VITÓRIA. http://www.minhascamisas.com.br/wordpress/2009/04/08/camisa-ha-centenaria-decana-do-vitoria Observou bem? Não era a ADIDAS da qual você fala hoje. Era uma marca iniciante no fornecimento de camisas ainda que tradicional no ramo de chuteiras. A Givova foi fundada há um ano. E por que não? Talvez venha ser a GIVOVA em duas décadas. A questão é maior que Adidas, Givova, Nike, Umbro (que também já forneceu material para o Vitória, um dos primeiros aqui no Brasil). A questão é: Qual é o nosso padrão? Qual a nossa cara? Vemos no link acima o autor do post comenta que “o uniforme do Vitória em 1989 era i-d-e-n-t-i-c-o ao do Flamengo, mudando só o símbolo e o patrocinador”. E ele escreve “símbolo” porque o Flamengo na época (e sempre) não estampava o ecudo na camisa, e sim as iniciais CRF. Então o que fez o Vitória? Estampou o ECV. Como era a camisa do Flamengo em 1989? Listras horizontais em vermelho e preto. Como é hoje? A Olympikus acaba de apresentar o novo padrão do time carioca. Listras horizontais em vermelho e preto. Daqui há 20 anos, não sei quem estará patrocinando os uniformes do Flamengo nem quanto o Flamengo estará recebendo por isso (a Olympikus pagará 21 milhões por ano), mas sei que terá listras horizontais em vermelho e preto, talvez mais largas ou menos largas que as de hoje, mas listras horizontais. Alguém pode imaginar como será o padrão do Vitória? É essa a questão. Não temos um padrão, uma identidade quando falamos de camisa. E não só camisa. Vide o nosso hino. Como não houve um conselho ou estatuto que proibisse substituí-lo por um “oh oh oh”? Mas voltando às camisas, se qualquer pessoa no planeta encontar alguém vestindo uma camisa amarela com uma gola verde nas ruas de qualquer lugar terá um só pensamento: Brasil. Não será preciso nenhum escudo da CBF para isso. Ou alguém pensaria em Austrália? Em qualquer rua deste país, uma camisa rubro-negra com listras horizontais será antes de qualquer coisa Flamengo. A Olympikus já comercializou apenas com a pré-venda mais de 200 mil unidades do nova camisa o que já rendeu 1,6 milhão ao time da Gávea. Diante desses números e de toda a História, meus amigos, Vitória, Sport e Atlético-GO são a Austrália. Por tudo isso é que vejo nesse novo contrato com uma outra fornecedora (seja Givova ou não) uma grande oportunidade para começarmos sim, uma tradição. Precisamos de um identidade em nossas camisas. Nesses últimos 20 anos mudamos a nossa cara o tempo inteiro. Quem pode nos reconhecer? Penso que nosso padrão não deva ter listras horizontais pelas razões já expostas acima. Nem listras verticais. Aqui no Brasil é marca do Atlético PR. Vide o escudo deles. No mundo é o Milan. Sem comentários. Creio que podemos ser o único rubro-negros entre os principais times do país que NÃO adota listras em seus padrões. E qual seria este padrão? Minha sugestão é camisas vermelhas e calções pretos. Simples assim. A camisa predominantemente vermelha teria em preto gola e números e talvez mais um traço. Não sei se um V estilizado. Não sei se algum recorte diferencial. Mas certamente algo que revelasse o nosso rosto assim como as duas listras horizontais são a cara do São Paulo, assim como uma listra amarela é marca do Boca Jrs., asim como uma faixa transversal é marca do… http://www.museudosesportes.com.br/noticia.php?id=26737 Viram o ano da foto? 1945. O Vasco despachou a Champs e assinou com a Penalty. E aí? E aí o desenho da camisa é essencialmente o mesmo. Não importa a fornecedora. Qualquer que seja irá alterar um detalhe e outro, mas será incapaz de desfigurar a identidade do time. Por um tempo andaram colocando listras na camisa do Palmeiras. Vejam se algum torcedor sente saudades desse padrão. Eu peço a equipe de marketing que levem à presidência e ao conselho este anseio que não é apenas meu. Vide “Idéias para o marketing”, página na qual escrevi ontem um outro post sobre o tema e onde o assunto é recorrente. Precisamos definir nossa própria cara. Não por um ano ou dois, mas décadas. Para mais um centenário. Não estarei mais aqui quando ele se completar, entretanto gostaria de saber com qual camisa o Leão entrará em campo assim como já sabem os torcedores do Flamengo, do Vasco, do São Paulo…
    SRN

  24. Concordo com Ana, teriamos um diferencial, ou uma camisa com o preto sendo predominante ou o vermelho, se houvesse as listas que fossem bem mais discretas, algo como listas verticais mais apenas nos cantos, como um detalhe, seria um diferencial, criar e fortalecer uma nova identidade, assim vamos fazer com que a marca Vitória 1899 seja mais facilmente reconhecida. Eu estava pensando esse ano, quando vemos um boneco com uma camisa rubro-negra, pode ser de qualquer time, flamengo, sport. Mas ano passado quando viamos um boneco que fosse do Vitória, não precisava do escudo, aquelas listas diferentes que a Penalty tinha feito fazia com que eu identificasse que se tratava de um boneco do Vitória e não poderia ser confudido. O que quero dizer é que se com a Givova fizermos um desenho mais simples, só que diferente dos clubes brasileiros, vamos fortalecer ainda mais a marca do nosso clube. Um exemplo seria a camisa da Alemanha vermelha com apenas uma faixa preta na vertical, ou algo da própria Givova como os kits Ares e Riga.

  25. O fornecedor do material DEVERIA ser uma marca forte, como a ADIDAS, presente em grandes clubes pelo mundo e aqui no Brasil no Palmeiras/SP e Fluminense/RJ. Não sei se há esta possibilidade, mas pra mim seria um SONHO.
    Voltando à realidade, a CHAMPS provou que é um “MICO”, além do material de baixa qualidade(não tive coragem de comprar, preferi comprar a Retrô 1985), infelizmente não pagou o que prometeu(proposta muito boa pra ser verdade).
    Quanto à esta GIVOVA(http://www.givova.it/), não sei a viabilidade deste fornecimento, já que como o Ricardo Azevedo falou é uma empresa italiana nova(maio de 2008), não tem fábrica no Brasil e nunca forneceu material a uma equipe de futebol. Voltando à fala do Ricardo Azevedo: “Não podemos errar novamente”!!!
    Se por acaso acertarmos com a GIVOVA, achei muito boa a sugestão da Ana sobre os padrões da camisa e genial a VISÃO dela do VITÓRIA começar uma nova TRADIÇÃO, ter um uniforme que o diferencie do outros/vários times rubro-negros do Brasil e do mundo. Lembrou o comentário da minha namorada uma certa vez quando soube que não era só o VITÓRIA que tinha o uniforme rubro-negro: “Poxa, assim eles ficam todos iguais!”.
    Vamos construir uma NOVA ERA para o VITÓRIA! Lembro que a TRADIÇÃO se cria com PERSONALIDADE.
    SRN!
    AVANTE LEÃO!!!

  26. Não vejo a hora dessa “champs” saí do nosso Vitória. Eu prometi a mim mesmo que não compraria nada com essa marca(Champs).O Vitória precisa de um fornecedor a altura do clube, que vem a Givova ou outro de melhor qualidade que a tal “champs”. Sds!

  27. concordo com o post da Ana, o kit ARES seria ótimo, muitos querem litras horizontais, pelo fato de manter a tradição, outros querem verticais(prefiro assim), mas inovar é legal, e como a Ana disse diferenciar é válido, quanto ao padrão n°2 ficaria melhor com o LIONS, o n° 3 sim ficaria bom com o COUNTRY.

    SAUDAÇÕES RUBRO-NEGRAS!

  28. Ricardo, sei que como profissional você não teria outro comentário a fazer. Entretanto somos torcedores e não temos outra coisa senão dar graças a Deus pela saída da Champs e que descanse em paz. Digo que já fui ao site de Givova e fiz o download do catálogo. Excelente apresentação! Se for tudo isso mesmo estaremos muito bem vestidos, obrigado. E mais. O uniforme já está lá. O kit ARES (kit 02) ficaria excelente como nosso manto. Assim mais limpo, com predominância do vermelho para lembrar – como disse Apodi – que o time é sangue. Além disso, como não há como evitar o retalho da camisa em patrocinios, uma cor predominante (o vermelho) receberia a numeração, os logos e as marcas em preto. Isso proporcionaria um visual menos “sujo” como o que vemos agora com as listras recheada de marcas. Não sou contra as listras (verticais ou horizontais) mas penso que Vitória tem a chance de começar uma nova tradição e se diferenciar enormemente do Flamengo, Sport e Atléticos PR e GO. Criar um identidade própria. Inspirado em nosso escudo, a parte de cima vermelha (a camisa) e a parte de baixo preta (o short). Estude a possibilidade de a torcida participar dessa escolha.
    Um abraço e minha admiração pelo trabalho de vocês
    SRN

    P.S. Para o uniforme 2, poderia ser o KIT CONTATTO ou o COUNTRY brancos com os detalhes vermelho e preto.

  29. Acho voce um profissional competente e confio em sua capacidade Ricardo.

    SRN !

  30. Ricardo, apaga esse comentário. Fagner é um corneteiro e ignorante.
    ESTAMOS E CONFIAMOS EM VOCE RICARDO AZEVEDO!!

    SRN!

  31. Parece amadorismo o que vocês fazem com o MEU Vitória. Isso tudo que está acontecendo, problemas com o fornecedor CHAMPS, divulgação do patrocínio Master, só enfraquece o marketink do clube. A camisa de péssima qualidade (porém comprei), constantemente falta material nas lojas e os preços absurdos e abusivos só afastam NOVOS torcedores e DESMOTIVAM antigos e fiéis.
    Fica aqui meu desabafo! (que tenho certeza que será apagado!)


Comments RSS

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s